CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR


IMIGRAÇÃO ITALIANA
História de Santa Teresa
135 Anos da Imigração Italiana em Santa Teresa, ES
Carretela Del Vin


A Festa da Imigração Italiana,lembra o roteiro de lotes de terra para as primeiras 30 familias que aqui chegaram vindas da Itália em 26 de Junho de 1875.

A primeira vila italiana fundada no Brasil, um dos berços da imigração italiana, a cidade de Santa Teresa, celebra seu passado com a realização da 18ª Festa do Imigrante Italiano em 2009. A Festa é realizada pelo Circolo Trentino di Santa Teresa e pela Prefeitura local. Segundo os organizadores, o objetivo do evento é comemorar os 135 anos de colonização do Município com a chegada dos primeiros imigrantes italianos. A população da cidade ainda mantém a tradição natural e cultural da imigração nos hábitos e costumes, na religiosidade, na alimentação, no vestuário e na alegria.

O evento contou com uma diversificada programação. Os destaques ficam com o lançamento do livro Cultura e Arquitetura, a casa rural do imigrante italiano, de Maria Izabel Perini Muniz; eleição da Garota Ítalo Teresense; apresentação da peça teatral O Coração Capixaba; e missa solene, em italiano.

É uma festa cheia de emoção para os descendentes de italianos que se comunicam através das musicas , roupas , danças folclóricas e da “ Carretela del Vin.”

A Carretela Del Vin lotou a cidade de Santa Teresa. - No Sábado, dia 27 de Junho de 2009, foi realizado na Rua Coronel Bonfim Junior e Getúlio Vargas, o desfile da Carretela Del Vin, que contou com vários carros antigos, onde eram distribuidos atraves deles, vinhos regionais, polenta, queijo e linguiça.

Além de carros de som com musicas tradicionais italiana e apresentação dos grupos de dança. Veja as Fotos de Clério José Borges. Clério José Borges também fez vários vídeos colocados no You Tube, inclusive o Show da Banda Brasitália.
Veja o Canal Clério Borges: www.youtube.com/clerioborges


Santa Teresa é um Município brasileiro do Estado do Espírito Santo. Sua população estimada em 2007 era de 20.179 habitantes.

Santa Teresa é também chamada "Beija-flor do Espírito Santo", graças à abundância destas aves na região e, principalmente, por ser a terra onde nasceu e viveu o cientista Augusto Ruschi — pioneiro nas pesquisas com beija-flores. O município possui uma das mais exuberantes biodiversidades do mundo, e está cercado pelas montanhas da região serrana do Espírito Santo, com cerca de 40% de seu território composto de Mata Atlântica.

A cidade é considerada o berço da imigração italiana no Brasil, por ser a primeira cidade fundada por imigrantes italianos no Brasil.

A história de Santa Teresa começa em 1875, quando chegaram os primeiros imigrantes italianos, trazidos pela Expedição Tabachi.

As correntes migratórias provenientes da Itália continuaram, em 1877 chegaram os primeiros alemães, suíços e poloneses. Os colonos dedicavam-se a agricultura, tendo de início, além da cultura do café e cereais, realizado algumas experiências bem sucedidas, semelhantes às culturas do Trentino, pátria de origem de muitos imigrantes, tais como a videira e o bicho da seda. Mas a cultura que se desenvolveu de fato foi a do café, que perdura até hoje como principal produto agrícola da região.

O nome da cidade provém da fé de uma das colonizadoras que, aos pés de uma árvore conhecida na região por Pau-Peba, fixou uma imagem de Santa Teresa, trazida da Itália. Na sombra dessa árvore se reuniam os corajosos colonizadores para suas orações.

A pequena vila rapidamente se desenvolveu e já em 1891 foi criado e instalado o município de Santa Teresa. Em 1895 foram criadas a Comarca e a Paróquia. Em 1995 foi desmembrado o distrito de São Roque do Canaã, dando origem a um novo município.

Santa Teresa está localizada a 655 metros de altitude, com o ponto culminante relativamente baixo, não ultrapassando os 1.200m.

A cidade tem temperatura média anual de 18°C.

Na cidade, há ocorrência de forte nevoeiro e cerração durante o ano inteiro.

Hino do Município de Santa Teresa

Letra por Victor Biasutti
Melodia por José Antônio Salviato


Salve terra de Santa Teresa,
Alpes verdes do estado na História
Fonte augusta de tanta beleza,
Alto ninho de amor e de glória.

Livre, é progressista,
Beijada pelo sol,
Sorrindo ao arrebol
Viva, viva Santa Teresa

É o jardim lindo, em flor perfumado,
Que já visto em sonho, oh! Viajeiro,
Onde as aves, voando do prado,
Vão ao céu azul, brasileiro.

Livre, é progressista,
Beijada pelo sol,
Sorrindo ao arrebol
Viva, viva Santa Teresa





XVIII Festa do Imigrante Italiano de Santa Teresa - 18 a 28 de Junho
FOTOS DE CLÉRIO JOSÉ BORGES

Desfile da Carreta no Sábado, dia 27 de Junho de 2009




Mande seu e-mail:

VOLTAR

PARA A PÁGINA PRINCIPAL


Copyright © Web Site no ar em 27/06/2009 - 2010 - All Rights Reserved: CJBS