CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR


FUTEBOL CAPIXABA

São Mateus Campeão de 2011 e a equipe do Rio Branco, campeã de 2010, Na foto do Rio Branco, Em pé: Aílson,Bruno,Breda,Léo,Washington,Bruno,Guaçuí,Gil Baiano,Walter Agachados: Humberto, Helder,Emílio,Caio,Jonathan,Evandro,Thayson,Juca,Cadu, Ronicley Fonte:Gazetaonline

São Mateus Campeão de 2009, com Em pé: Dirlei,Rogen,Frank,Fabiano,Luciano Baiano,Alex Paulista,Gil Baiano,Robson,Nino Agachados:Bombom,Marcelo Pelé,Eduardo,Helton,Dinho,Gustavo Rincón,Juninho,Robson Araújo Fonte: Gazeta Online e a equipe do Linhares, campeã de 2007, Na foto Raul, Jonatan, Márcio, Abílio e Fabiano; Diego, Índio, Adriano e Guido (Serginho); Rodrigo Calixto (Rafael Zaró) e André Biquinho (Adeílson Pelé). Técnico: Antônio Carlos Roy.

 

O Campeonato Capixaba, como é popularmente conhecido, teve início em 1917 com a presença de cinco clubes: Rio Branco, América, Moscoso, Barroso e Vitória. Nessa época, o campeonato era apenas em Vitória. O vencedor foi a equipe do América de Vitória, (Equipe extinta anos depois), que nada tem a ver com a equipe do América de Aribiri que foi fundada em 1927. Quem atuou como zagueiro no América e se tornaria o Governador do Estado do Espírito Santo e senador da República na década de 50, foi Carlos Lindenberg.

Em 1930, o Campeonato passou a ser estadual. Em 1971, aconteceu a maior confusão da história do torneio: Desportiva e Rio Branco disputavam o título e a Desportiva já havia ganhado duas partidas e empatado outra e seria campeã, mas a diretoria do Rio Branco descobriu que dois jogadores do rival foram inscritos irregularmente. Eles jogavam ao mesmo tempo o Campeonato Mineiro pelo Valério. O caso foi parar no STJ da CBF, que anulou a decisão. Foi marcada uma nova partida, mas a Desportiva não concordou e o Rio Branco foi declarado campeão.

Decisão de 2009 nos tribunais. - Em 2009, a segunda partida final em 30 de maio entre São Mateus e Rio Branco no Estádio Sernamby em São Mateus foi encerrada pelo árbitro Dervaly do Rosário antes do término, quando o placar estava 2 a 2, já que o Rio Branco teve quatro jogadores expulsos e o jogador Helder se machucou e não podiam haver mais substituições, ficando a equipe do Rio Branco com menos de sete jogadores. Após vinte dias, o título foi homologado pela Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) a favor do São Mateus, baseando-se no art. 33 do regulamento geral da FES que aplicado confere como resultado da partida 2 a 0 para o São Mateus (a primeira partida foi vencida pelo Rio Branco pelo placar de 2 a 1). O Rio Branco recorreu da decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e, por unanimidade, o título foi mantido a favor do São Mateus, não cabendo assim mais recursos ao Rio Branco.

AMÉRICA FUTEBOL CLUBE. CONFUSÃO COM A EQUIPE DE SEIS TÍTULOS

A equipe do América Futebol Clube foi fundada em 27 de Novembro de 1927, na rua São Luiz, no bairro de Aribiri, no Município de Vila Velha, ES. A Informação é de Ernesto Rauta e Ronaldo Lourenço Rodrigues. Em Pesquisa feita na Internet, no Site do Vitória Futebol Clube e no Site da Federação Capixaba de Futebol consta uma equipe do América, que foi o Primeiro Campeão Capixaba de Futebol, em 1917, sendo Campeão depois nos anos de 1922, 1923, 1925, 1927 e 1928. Após contatos com várias pessoas, entre as quais, Elias Barros e João Luiz Castello Lopes Ribeiro, foi apurado de que o América citado era um time criado em Vitória, onde teria jogado o ex- Governador do Espírito Santo e ex-Senador da República, Carlos Lindenberg e que teve como um dos Diretores o Serrano Rômulo Castello.

A informação de Ernesto Rauta, Ronaldo Lourenço Rodrigues e Elias Barros é correta. O América de Aribiri, fundado em 1927 é uma outra equipe.

Entre as personalidades do Clube destaca-se a Família de Manoel Barros; Vitorino Rautha; José Rodrigues de Carvalho; Elias Barros; Tenente Newton Ribeiro. Clério José Borges, que morou no bairro de Aribiri, terra do América, recorda-se da rivalidade entre o América, de Aribiri e o Santos, de Paul, mas que tinha um Estádio em Aribiri em frente ao Grupo Escolar Ofélia Escobar e a Fábrica de Biscoitos Alcobaça. Torcedores fanáticos do América de Aribiri: João Ferreira e Pedro Theodoro.


Na Internet consta da seguinte informação. "O Campeonato Capixaba, como é popularmente conhecido, teve início em 1917 com a presença de cinco clubes: Rio Branco, América, Moscoso, Barroso e Vitória. Nessa época, o campeonato era apenas em Vitória. Em 1930, o Campeonato passou a ser estadual. Quem atuou como zagueiro no América e se tornaria o governador do estado do Espírito Santo e senador da República na década de 50, foi Carlos Lindenberg."

"Fundada em 02 de maio de 1917 com a denominação de “Liga Sportiva Espírito Santense ( L.S.E.S.)”, em 28 de abril de 1938 passou a chamar-se Federação Desportiva Espírito-Santense. Finalmente, em 21 de setembro de 1984, passou a ser a Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo. De 1917 a 1929, o campeonato era disputado apenas por clubes da capital do Estado, Vitoria. E a partir de 1930, clubes de outras cidades aderiram, formando oficialmente o campeonato estadual".
Fonte: http://campeoesdofutebol.com.br/campeoes-capixaba-da-primeira-divisao/



A Sociedade Desportiva Serra Futebol Clube, fundado em 26 de Junho de 1930, sagrou-se no último Domingo dia 11 de Julho de 2004, Bi-Campeão do Futebol Capixaba. Campeão Invicto de 2004. No Domingo, dia 11 de Julho de 2004, a Equipe de Futebol do Serra enfrentou no seu Estádio Robertão, (Estádio Roberto Siqueira Costa), na sede do Município da Serra, Espírito Santo, Brasil, a equipe do CTE/Colatina e venceu por 4 Gols a Zero. Uma Goleada histórica. Ao vencer o Turno e Returno do Campeonato, o time Serrano colocou um ponto final no Campeonato, descartando a realização de um Quadrangular final. Os gols do Serra, na Vitória contra o CTE, foram marcados por Dedé, Alex Gomes e Reiger (2). Após a partida os torcedores invadiram o Campo dando a volta olímpica. Na foto durante a volta Olímpica o então Presidente do Serra, Euclides Jorge Filho, conhecido como Jorge Euclides, segurando o Placa com o número do resultado da partida, 4, tendo ao lado o Escritor, Poeta Trovador e historiador Capixaba, Clério José Borges.

A Equipe do Serra se profissionalizou em 1997, quando foi Campeão da Segundinha. Em 1999, no dia 15 de Julho conquistou o seu primeiro Capixabão. Técnico: Cosme Eduardo. Em 2003 foi Campeão novamente após empatar, no dia 26 de Julho de 2003, com a equipe do CTE, em Colatina. Técnico: Cosme Eduardo. Em 2004, conquistou o Bicampeonato. Técnico: Cosme Eduardo.

O Serra foi vice-campeão brasileiro da série C, em 1999 e vice-campeão Capixaba em 2000. No dia 15 de Dezembro de 1999, o Serra venceu por 2 a 1, a equipe do Fluminense, do Rio de Janeiro, em pleno Maracanã.

LINHARES É CAMPEÃO CAPIXABA DE FUTEBOL DE 2007 E EQUIPE DE JAGUARÉ É VICE

Dia 05 de Maio de 2007 - O Linhares empatou por 0 a 0 com o Jaguaré, neste sábado, no Estádio Conilon, e faturou o título do Campeonato Capixaba.

Mesmo jogando em casa, o Jaguaré não conseguiu tomar a vantagem do Linhares, que na primeira partida, no estádio Joaquim Calmon, venceu por 1 a 0, com um gol do zagueiro Diego.

O jogo foi muito disputado até o último minuto, mas a zaga do Linhares agüentou a pressão. Nos minutos finais, o Jaguaré quase abriu o placar, mas Raul, goleiro menos vazado da competição, evitou o gol dos donos da casa.

Após quase cair para a Segunda Divisão, o Linhares se recuperou e faturou o quinto título de sua história no Capixaba.


SERRA É CAMPEÃO CAPIXABA DE FUTEBOL DE 2008

O Campeonato Capixaba de 2008 aconteceu entre 12 de janeiro e 18 de maio e reuniu dez equipes, todas do interior do estado. A equipe campeã do campeonato, Serra, garantiu vaga na Copa do Brasil 2009. Na primeira fase, as dez equipes jogaram em turno e returno, todos contra todos. Na fase seguinte, as quatro melhores fizeram as semifinais, também em jogos de ida e volta. Os vencedores fizeram as finais do campeonato. A final também foi em duas partidas, sendo que a equipe com a melhor campanha da primeira fase, jogou a segunda partida da decisão no seu estádio e por dois resultados iguais. As duas equipes que terminaram no penúltimo e último lugares na classificação da primeira fase, Pinheiros-ES e CTE Marilândia, foram rebaixadas para a segunda divisão do estadual.

SÃO MATEUS É CAMPEÃO CAPIXABA DE FUTEBOL DE 2009

O Campeonato Capixaba de 2009 aconteceu entre 10 de janeiro e 30 de maio e reuniu dez equipes, nove do interior e uma da região metropolitana (Vilavelhense).

A partida final em 30 de maio entre São Mateus e Rio Branco no Estádio Sernamby em São Mateus foi encerrada pelo árbitro Dervaly do Rosário antes do término, quando o placar estava 2 a 2, já que cada equipe teve quatro jogadores expulsos e o jogador Helder se machucou e não podiam haver mais substituições, ficando a equipe do Rio Branco com menos de sete jogadores. Após vinte dias, o título foi homologado Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) a favor do São Mateus, baseando-se no art. 33 do regulamento geral da FES que aplicado confere como resultado da partida 2 a 0 para o São Mateus (a primeira partida foi vencida pelo Rio Branco pelo placar de 2 a 1).[2] O Rio Branco recorreu da decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e, por unanimidade, o título foi mantido a favor do São Mateus, não cabendo assim mais recursos ao Rio Branco.

Antes mesmo da decisão dos tribunais, um acordo firmado entre as duas equipes definiu que o Rio Branco ficaria com a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2009, enquanto o São Mateus ficaria com a vaga na Copa do Brasil de 2010


DEPOIS DE 25 ANOS, RIO BRANCO É CAMPEÃO CAPIXABA DE FUTEBOL DE 2010

Dia 05 de Junho de 2010 - O Rio Branco, maior campeão da história do Espírito Santo, volta a vencer o campeonato estadual após 25 anos de fila. O 36º título capixaba da equipe alvinegra foi conquistado na tarde deste domingo, com um empate por 0 a 0 contra o rival Vitória.

A decisão entre dois clubes da capital encerra um período de predomínio dos times do interior do estado, que venceram todos os campeonatos disputados entre 1985 (ano do último título do Rio Branco) e 2010.

Em 2009, o Rio Branco esteve próximo de encerrar o jejum, quando enfrentou o São Mateus na final. Porém, após vencer o primeiro jogo decisivo por 2 a 1, a equipe da capital teria promovido um "cai-cai" para manter o empate de 2 a 2 na segunda partida. A Justiça Desportiva declarou o São Mateus como campeão.

SÃO MATEUS CAMPEÃO CAPIXABA DE FUTEBOL DE 2011

Dia 29/05/2011 - O São Mateus derrotou o Linhares por 2 a 0, neste domingo, no estádio Justiniano de Mello e Silva, em Colatina, e sagrou-se campeão capixaba de 2011. Mesmo fora de casa, o ‘Pit-Bull do Norte’ conseguiu reverter a vantagem do adversário e conquistou o segundo título estadual de sua história. Regílson aos 38 minutos do primeiro tempo, e Jânio Baiano, aos 16 da etapa final, marcaram os gols do título

Dentro de campo, muita sorte. Melhor na maior parte da partida, o São Mateus passou impune a três bolas na trave em ataques do Linhares.

Foi um prêmio para a torcida mais fiel do Espírito Santo em 2011. Com a melhor média de público do Capixabão, os torcedores do São Mateus não ficariam de fora no momento da coroação final, mesmo a aproximadamente 170 kilômetros de distância. Cerca de mil torcedores do Sâo Mateus estiveram presentes na decisão.

Com o título, o São Mateus garantiu uma vaga na Série D deste ano, além da participação na Copa do Brasil de 2012.

CAMPEÕES CAPIXABAS DE FUTEBOL


ANO TAÇA CIDADE DE VITÓRIA TAÇA ESTADUAL CAMPEÕES CAPIXABAS
1917 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1918 Rio Branco X Rio Branco
1919 Rio Branco X Rio Branco
1920 Vitória X Vitória
1921 Rio Branco X Rio Branco
1922 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1923 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1924 Rio Branco X Rio Branco
1925 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1926 Floriano X Floriano
1927 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1928 América (de Vitória) X América (de Vitória)
1929 Rio Branco X Rio Branco
1930 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1931 Santo Antônio X Santo Antônio
1932 Vitória X Vitória
1933 Vitória X Vitória
1934 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1935 Rio Branco X Rio Branco
1936 Rio Branco X Rio Branco
1937 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1938 Rio Branco X Rio Branco
1939 Rio Branco X Rio Branco
1940 Americano X Americano
1941 Rio Branco X Rio Branco
1942 Rio Branco X Rio Branco
1943 Vitória X Vitória
1944 Caxias Caxias Caxias
1945 Rio Branco X Rio Branco
1946 Rio Branco X Rio Branco
1947 Rio Branco X Rio Branco
1948 Valeriodoce Cachoeiro Cachoeiro
1949 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1950 Vitória Vitória Vitória
1951 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1952 Vitória Vitória Vitória
1953 Santo Antônio Santo Antônio Santo Antônio
1954 Santo Antônio Santo Antônio Santo Antônio
1955 Santo Antônio Santo Antônio Santo Antônio
1956 Vitória X Vitória
1957 Rio Branco X Rio Branco
1958 Rio Branco X Rio Branco
1959 Rio Branco X Rio Branco
1960 Santo Antônio X Santo Antônio
1961 Santo Antônio X Santo Antônio
1962 Valeriodoce Rio Branco Rio Branco
1963 Santos (Barra de São Francisco) Rio Branco Rio Branco
1964 Rio Branco Desportiva Desportiva
1965 Rio Branco Desportiva Desportiva
1966 Desportiva Rio Branco Rio Branco
1967 Rio Branco Desportiva Desportiva
1968 Desportiva Rio Branco Rio Branco
1969 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1970 Caxias Rio Branco Rio Branco
1971 Rio Branco Rio Branco Rio Branco
1972 Vitória Desportiva Desportiva
1973 X Rio Branco Rio Branco
1974 X Desportiva Desportiva
1975 X Rio Branco Rio Branco
1976 X Vitória Vitória
1977 X Desportiva Desportiva
1978 X Rio Branco Rio Branco
1979 X Desportiva Desportiva
1980 X Desportiva Desportiva
1981 X Desportiva Desportiva
1982 X Rio Branco Rio Branco
1983 X Rio Branco Rio Branco
1984 X Desportiva Desportiva
1985 X Rio Branco Rio Branco
1986 X Desportiva Desportiva
1987 X Guarapari Guarapari
1988 X Ibiraçu Ibiraçu
1989 X Desportiva Desportiva
1990 X Colatina Colatina
1991 X Muniz Freire Muniz Freire
1992 X Desportiva Desportiva
1993 X Linhares Linhares
1994 X Desportiva Desportiva
1995 X Linhares Linhares
1996 X Desportiva Desportiva
1997 X Linhares Linhares
1998 X Linhares Linhares
1999 X Serra Serra
2000 X Desportiva Desportiva
2001 X Alegrense Alegrense
2002 X Alegrense Alegrense
2003 X Serra Serra
2004 X Serra Serra
2005 X Serra Serra
2006 X Vitória Vitória
2007 X Linhares F C Linhares F C
2008 X Serra Serra
2009 X São Mateus São Mateus
2010 X Rio Branco Rio Branco
2011 X São Mateus São Mateus
2012 X - -





OBSERVAÇÃO: Permitimos a livre reprodução do conteúdo e agradecemos a citação da fonte com a inclusão de nosso link, se possível.

Fonte de Pesquisa: Borges, Clério José - Livro História da Serra, 1a. 2a. e 3a Edição - 1998, 2003 e 2009 - Editora Canela Verde - À Venda na Livraria Doce Saber, Laranjeiras, Serra ES - Tel.: 27 - 32 81 24 89





VOLTAR


Copyright © 2004 / 2012 - All Rights Reserved: CJBS