CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR
, Espírito Santo -  Brasil.   .

ÍNDIOS TEMIMINÓS DO ESPÍRITO SANTO
Maracajaguaçu e Araribóia


VASCO FERNANDES GATO GRANDE

O índio herói e leal, fundador da Serra
Texto de Clério José Borges, do Livro "História da Serra"

Maracajaguaçu, Gato Bravo Grande foi um dos Fundadores da Serra.

Foi o Principal, isto é, o Cacique Chefe dos Índios Temiminós que, com o padre Braz Lourenço, construiu a Aldeia e a Igreja que daria origem depois o povoado de Conceição da Serra, hoje Serra.

Era Temiminó, do Grupo Tupi.

O grupo de  Índios Tupis, pela posição que ocupava no litoral, foi o que manteve maior contato com os Portugueses. Foi o que deu maior contribuição na formação da Cultura Brasileira e o que, pela miscigenação, mais se integrou à população.

Nasceu no Rio de Janeiro, em  1501.

Com vinte anos de idade já era um dos principais líderes de sua Tribo, graças a atos de bravura.

Mudou-se para o Espírito Santo em 1555, quando já tinha 54 anos de idade.

Pesquisadores informam que Maracajá era um felino que habitava as matas virgens e de tamanho que chega quase ao triplo do gato doméstico.

 

GATO BRAVO

 

A escritora Cybelle M. Ipanema, residente na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, no livro de sua autoria “História da Ilha do Governador”, relata o seguinte:

“Maracajá é uma espécie de felino, o Felis Pardalis”. 

O escritor Ermano Stradelli, citado pelo escritor, J. Romão da Silva descreve-o: Fulvo (amarelado) claro, de manchas mais ou menos regulares, em forma de roseta ou anel...Chega quase ao triplo do tamanho do gato doméstico.”

No “Novo Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa”, em texto com a supervisão de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, a palavra Maracajá está escrita com a letra “Jota”  significa: “Espécie de gato bravo.”

 

ESCRITA CORRETA

 

As expressões “Jaraguai” e “Maraguai”, segundo o Dicionário de Língua Tupi, são variações das palavras Maracaia  ou Maracajá, cujo o significado é o mesmo: Gato do Mato; Gato Bravo do Mato, ou simplesmente Gato.

Maracajá significa “Gato do Mato”.

Segundo o Dicionário Tupi, de autoria de Gonçalves  Dias, publicado pela primeira vez em 1858,  e republicado pela Livraria São José, em  1970.

A palavra Guaçu é de origem indígena. Guaçu segundo os  dicionários é um adjetivo Tupi-guarani, de dois gêneros, que entra na composição de vários nomes brasileiros, com o sentido de Grande.

Maracayaguaçu, Maracaiaguaçu ou Maracajaguaçu significam portanto a mesma coisa:

Grande Gato Bravo ou Gato Bravo Grande.

============================





OBSERVAÇÃO: Permitimos a livre reprodução do conteúdo e agradecemos a citação da fonte com a inclusão de nosso link, se possível.
Fonte de Pesquisa: Borges, Clério José - Livro História da Serra, 1a. 2a. e 3a Edição - 1998, 2003 e 2009 - Editora Canela Verde - À Venda na Livraria Doce Saber, Laranjeiras, Serra ES - Tel.: 27 - 32 81 24 89

BIBLIOGRAFIA

Novaes, Maria Stella de - História do Espírito Santo, Vitória, Fundo Editorial do Espírito Santo.

Borges, Clério José - História da Serra, Serra, Gráfica Editora Canela Verde, 2003





VOLTAR


Copyright © 2002 / 2012 - All Rights Reserved: CJBS

te" size="3" face="Arial, Comic Sanz MS">VOLTAR


Copyright © 2002 / 2012 - All Rights Reserved: CJBS