Fundação da Academia de Trovadores ACLAPTCTC

ACLAPTCTC – REUNIÃO DE FUNDAÇÃO – ATA DA FUNDAÇÃO

ACLAPTCTC Atas - Editais Atas, Diretorias, Documentos Reuniões

REUNIÃO DE FUNDAÇÃO DA ACLAPTCTC – Em Assembleia Geral Extraordinária realizada no último sábado, dia 18 de novembro de 2017, foi fundada no bairro de Eurico Salles, no Município da Serra no Espírito Santo a Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores, de sigla ACLAPTCTC, antigo Clube dos Trovadores Capixabas, CTC. A proposta apresentada pelo Presidente do CTC, Clério José Borges foi apoiada por todos os presentes a exceção da Associada Magnólia Pedrina Sylvestre, que se manifestou contra em face aos 38 anos de história do CTC fundado a 1º de Julho de 1980 e líder na realização de eventos culturais no Estado do Espírito Santo. Segundo o Escritor João Roberto Vasco Gonçalves, Secretário Geral do CTC, o Clube dos Trovadores Capixabas não morreu, apenas galgou o Status de Academia de Letras E Artes, tendo agora um quadro de 50 Cadeiras de Acadêmicos Imortais com os seus respectivos Patronos, todos nascidos ou residentes no Estado do Espírito Santo e um quadro indefinido de Acadêmicos Correspondentes, nascidos ou residentes nos demais Estados da Federação e no Exterior. O Clube dos Trovadores Capixabas, CTC é uma entidade cultural sem fins lucrativos de divulgação da Trova e da Poesia em Geral. Foi fundado por Clério José Borges, Trovador Capixaba, com base numa idéia do escritor Eno Theodoro Wanke, a 1º de Julho de 1980, na cidade de Vila Velha, Estado do Espírito Santo. Para comemorar o aniversário do CTC, foram organizados anualmente os Seminários Nacionais da Trova, que aconteceram de 1981 ao ano 2000, sendo que em 2001 foram iniciados os Congressos Brasileiros de Trovadores, que não possuem uma regularidade anual e nem de local. Em 2001, o Congresso foi realizado em Domingos Martins. Em 2003, em Nova Almeida, Serra, ES, mesmo local onde foi realizado o III Congresso em 2005. Em 2006 o Congresso foi realizado na Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro. Em 2007 o evento foi realizado na Serra Sede e em 2009 em Santa Teresa, ES. Em 2010 o Congresso foi realizado em Eurico Salles, Carapina, Serra, ES, mesmo local do evento de 2011. O CTC hoje é uma entidade atuante e possui sócios no Espírito Santo, no Brasil e no exterior. São sócios Fundadores, Efetivos e Correspondentes. O Clube dos Trovadores Capixabas, CTC é uma entidade cultural sem fins lucrativos de divulgação da Trova e da Poesia em Geral. Foi fundado por Clério José Borges, Trovador Capixaba, com base numa idéia do escritor Eno Theodoro Wanke, a 1º de Julho de 1980, na cidade de Vila Velha, estado do Espírito Santo. Para comemorar o aniversário do CTC, foram organizados anualmente os SEMINÁRIOS NACIONAIS DA TROVA. O CTC hoje é uma entidade atuante e possui mais de 1.500 sócios no Espírito santo, no Brasil e no exterior. São sócios Fundadores, Efetivos e Correspondentes. O Escritor, Adelmar Tavares que cultivou a Trova com sabedoria como ninguém, chegando a ocupar uma Cadeira na Academia Brasileira de Letras por causa da Trova, assim se expressa: “A Trova Brasileira… A Cantiga do fundo da nossa alma! Esses quatro versos setissílabos que dizem mais que os poemas: – Bogari humilde, pequenino, a que recende o campo inteiro da nossa poesia. As rosas imperiais dos alexandrinos pompeantes. As begônias dos sonetos de dez sílabas. As Camélias das baladas – aí delas – não têm a graça e o cheiro dessas anônimas flores miúdas da alma popular. Colhê-las é encher as mãos de perfume! É inebriar-se de aroma! É ter tonto o coração para cantar! É sentir que um luar se levanta dentro de nós com umas cordas misteriosas de amor, de saudade, de anseio e de súplicas.” Trovas de Adelmar Tavares: Quem ama, para dar provas, deve três coisas cumprir. Tocar violão, fazer Trovas, e havendo luar, não dormir… Porque na Trova inocente que tanto agrada à mulher, a gente conta o que sente, a gente diz o que quer… O Trovador Literário é aquele que sabe fazer a Trova, imprimindo espontaneidade, graça, beleza e sabedoria, tal qual a cultivaram poetas brasileiros de renome, como Fernando Pessoa: O poeta é um fingidor, finge tão completamente, que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente. Olavo Bilac: Mulher de recursos fartos! Como é que está impenitente, tendo no corpo dois quartos, dá pousada a tanta gente? Menotti Del Picchia: Saudade, perfume triste de uma flor que não se vê. Culto que ainda persiste num crente que já não crê. Mário de Andrade: Teu sorriso é um jardineiro, meu coração é um jardim. Saudade! Imenso canteiro que eu trago dentro de mim. Cecília Meireles: Os remos batem nas águas: têm de ferir para andar. As águas vão consentindo – esse é o destino do mar. Carlos Drumond de Andrade: Solidão, não te mereço, pois que te consumo em vão. Sabendo-te, embora, o preço, calco teu ouro no chão.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE INSTITUIÇÃO (FUNDAÇÃO) DA ACADEMIA CAPIXABA DE LETRAS E ARTES DE POETAS TROVADORES, DE SIGLA ACLAPTCTC, COM APROVAÇÃO DO ENDEREÇO ADMINISTRATIVO DA ACADEMIA, APROVAÇÃO DO ESTATUTO E ELEIÇÃO E POSSE DA DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL, COM MANDATO PARA O QUATRIÊNIO DE 18 NOVEMBRO DE 2017 A 18 DE NOVEMBRO DE 2022.

Aos 18 dias do mês de Novembro do ano de 2017, no horário de 18h30m, atendendo ao Edital datado de 15 de Setembro de 2017, na Rua dos Pombos, N.º 2, no 2º Andar, Sala 03, Bairro de Eurico Salles, Carapina, Serra, Estado do Espírito Santo, 29160-280, sob a presidência do Escritor, Poeta Trovador, Clério José Borges de Sant Anna, reuniram-se em Assembleia Geral, um grupo de pessoas, maiores e capazes e em perfeito uso de suas atividades mentais para deliberarem sobre a instituição (fundação) de uma associação de direito privado, constituída por tempo indeterminado, sem fins econômicos, ou seja,  Associação Civil, Organização não Governamental sem fins lucrativos, de caráter Social, Artístico e Cultural, sem cunho político ou partidário, com a finalidade de atender a todos que a ela se dirigir, independente de classe social, nacionalidade, sexo, raça, cor ou crença religiosa, com autonomia administrativa e financeira e, de âmbito Estadual, com jurisdição em todo Estado do Espírito Santo, denominada de Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores, de sigla, ACLAPTCTC, (ACLAPT-CTC), fundada em data de 18 de Novembro de 2017, com sede e foro na Rua dos Pombos, N.º 2, no 2º Andar, Sala 03, Bairro de Eurico Salles, Carapina, Serra, Estado do Espírito Santo, 29160-280. Assumiu a Presidência dos trabalhos o Escritor, Poeta, Trovador e historiador Capixaba, Clério José Borges de Sant Anna, que esclareceu que todos os presentes foram devidamente convocados por Edital datado de 15 de Setembro de 2017, assinado por Clério José Borges de Sant Anna, cópia em anexo, sendo parte inseparável desta. Participaram da Reunião, as pessoas que assinaram a Lista de Presenças, cópia em anexo, sendo parte inseparável desta Ata. O presidente agradeceu a Deus e após breve oração informou que conforme Edital de Convocação afixado no endereço acima e amplamente divulgado pelas Redes Sociais na Internet, a Rede Mundial de Computadores e por Correio eletrônico, o Primeiro item é a fundação da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores de sigla, ACLAPTCTC podendo ser conhecida, também, com o nome de fantasia de Instituto “Projeto Social ACLAPTCTC” ou Instituto “Projeto Social dos Poetas Trovadores” ou INSTITUTO PROJETO SOCIAL ACADEMIA CAPIXABA DE LETRAS E ARTES DE POETAS TROVADORES sendo historicamente uma nova entidade cultural surgida, como legado, ou seja herança histórica cultural do antigo Clube dos Trovadores Capixabas, CTC, fundado em Vila Velha, ES, a 1º de Julho de 1980, pelo escritor Capixaba Clério José Borges de Sant Anna, com base numa idéia do Poeta Trovador e historiador da Trova no Brasil, Dr. Eno Teodoro Wanke. Colocada em votação a proposta foi Aprovada por unanimidade e com louvor, sendo, portanto, Fundada a Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores de sigla, ACLAPTCTC, (ACLAPT-CTC), antigo Clube dos Trovadores Capixabas, CTC. Passou-se ao Segundo item do Edital de Convocação, que é a aprovação do endereço administrativo da Associação sendo Aprovado por unanimidade, que o endereço será na Rua dos Pombos, 2, 2º Andar, sala 03 – Bairro de Eurico Salles, Distrito de Carapina, Município de Serra, Estado do Espírito Santo, Brasil, CEP: 29160-280. Em seguida passou-se ao Terceiro item do Edital, referente à deliberação e aprovação do Estatuto da Associação, Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores de sigla, ACLAPTCTC. Foi lida uma proposta de Estatuto que após analisada item por item, artigo por artigo, foi Aprovada por unanimidade. Cópia do Estatuto Aprovado em anexo, sendo parte inseparável desta. Em seguinte passou-se ao item seguinte do Edital de Convocação, a eleição e posse da Diretoria Executiva da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores de sigla, ACLAPTCTC, conforme Estatuto aprovado, bem como eleição e posse do Conselho Fiscal. Foi apresentada e registrada apenas uma única Chapa com o título CULTURA VIVA. Iniciou se então o pleito eletivo com a participação de todos os presente  e após a contagem dos votos presenciado por todos, foi apresentado pelo sr. Presidente o resultado, sendo ELEITA por unanimidade dos votos válidos, sem nenhuma abstenção, a Chapa apresentada, denominada CULTURA VIVA, ficando assim composta: Diretoria Executiva da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores de sigla, ACLAPTCTC: Presidente da Diretoria Executiva: Clério José Borges de Sant Anna, Brasileiro, Casado, Profissão: Escritor, Filho de Manoel Cândido de Sant Anna e de Lyra Borges de Sant Anna, Residente a Rua dos Pombos, 2 Bairro Eurico Salles, Carapina, Serra, ES. 29160-280. Vice Presidente da Diretoria Executiva: Kátia Maria Bobbio Lima, Brasileira, Solteira, Natural de Conceição da Barra, ES, Profissão: Escritora e Artista Plástica, residente a Avenida Cesar Hilal, 829/302 B – Praia do Suá, Vitória, ES, CEP: 29.052 – 212. Secretário Geral da Diretoria Executiva: João Roberto Vasco Gonçalves, brasileiro, casado, bacharel em Administração de Empresas, natural de Anchieta, ES, filho de Maria Cândida Vasco Gonçalves e Quintino Gonçalves, nascido em 1901/1950, residente e domiciliado na Rua Amélia Tartuce Nasser, 906, Apartamento 203, Jardim da Penha, Vitória, ES. 1º Secretário da Diretoria Executiva: Soêmia Pimentel Cypreste, Brasileira, Viúva, Natural de Vitória, ES, Filha de Aristotelino de Mattos Pimentel e de Aleida Nunes Pimentel, de Profissão Aposentada, Datas de Nascimento 21/08/1944, com 73 anos de idade, Residente a Avenida Alziro Zarur, 60 – Residencial Mata da Praia – Vitória, ES. CeP 29000-000. Tesoureiro Geral da Diretoria Executiva: Clérigthom Thomes Borges, Brasileiro, solteiro, Profissão Empresário, Natural de Vila Velha, ES. Data de Nascimento: 17/07/1981, Filho de Clério José Borges de Sant Anna e de Zenaide Emília Thomes Borges, Residente a Rua dos Pombos, 2 – Eurico Salles, Carapina, Serra, ES. Conselho Fiscal. Conselheiro Fiscal Titular Presidente: Edilson Celestino Ferreira, Brasileiro, Viúvo Profissão: Aposentado da Caixa, Filho de Enéas Ferreira Pereira e de Suzete Ramos Ferreira, Nascido no Distrito de Calogi, Serra, ES Residente a Rua José Neves Cipreste N.º 105, Jardim da Penha, Vitória, ES, 29060-300. Conselheiro Fiscal Titular Vice Presidente: Andréia da Silva Fraga, Brasileira, Solteira, Profissão: Secretária, Filha de José Maria Fraga e de Maria da Silva Fraga, Residente a Rua das Acácias, 04 – Cascata – Serra, ES, CEP: 29177 – 187; Conselheiro Fiscal Titular Secretário: Albércio Nunes Vieira Machado, Brasileiro, casado, com 67 anos, Data de Nascimento: 09 de Abril de 1951, Natural de Timbuí, Fundão. ES, de Profissão Aposentado, Filho de Albercio Vieira Machado e de estelina Caldeira Nunes Machado, residente a Rua Iemem, N.º 10 Quadra 3 – Setor Ásia, Cidade Continental, Serra, ES. Cep: 29163 – 649. Conselheiro Fiscal Suplente: Emílio Soares da Costa, Brasileiro, casado, com 69 de idade, data de Nascimento 14/08/1948, Natural de Virginópolis Minas Gerais, de profissão Aposentado, Filho de José Antero da Costa e de Elgita Soares de Jesus, Residente a Rua Engenheiro Cesar Dantas, 350, Bairro Jabour, Vitória, ES, CEP 29 072 265. E, por fim, o sr. Presidente, declara que a Eleição foi por unanimidade, sendo declarados eleitos e empossados, sendo o mandato da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal de cinco anos, conforme Artigo 19, do Estatuto aprovado, de 18 de Novembro de 2017 a 18 de Novembro de 2022, período em que atuarão administrativamente, sem Remuneração. Assume a Presidência da Assembleia Geral Extraordinária, o Sr. Clério José Borges de Sant Anna, como Presidente da Diretoria Executiva. Em seguida o Presidente passou para o Quarto item do Edital, Admissão de Acadêmicos Fundadores Titulares Efetivos e Acadêmicos Fundadores Correspondentes, sendo eleitas e aprovadas os nomes das seguintes pessoas, devidamente relacionadas no Estatuto aprovado, cópia do estatuto em anexo sendo parte inseparável desta Ata. Os nomes foram todos Aprovados sem ressalvas. Passou-se então ao Quinto item do Edital, que é Assuntos Gerais, tendo a Associada Zenaide Emília Thomes Borges, solicitado fazer uso da palavra para parabenizar a todos os Eleitos da Diretoria e Conselho e aos novos Acadêmicos. O presidente propôs e foi aprovado que Tesoureiro Geral tomem as providências legais para abrir Conta em Banco, assinando cheques conjuntamente, podendo se for o caso e se for dentro da lei, ser a Conta assinada por uma pessoa, ou seja, que só o Presidente da Diretoria Executiva assine, Cheques e possua Cartão para depósitos e Saques da Conta da Academia. Foi proposto e aprovado que, se possível, a Conta seja de Poupança. Propostas aprovadas por unanimidade. O presidente propôs que o valor da Anuidade de 2018 a 2022 seja de R$ 120,00 (Cento e vinte Reais), ou seja, dez Reais por mês, sendo a proposta colocada em votação e aprovada por unanimidade de todos os presentes. Como nada mais havia para ser tratado, agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente Assembleia Geral Extraordinária, no horário de 20h30m, determinando a mim, que servi como secretário, que lavrasse a presente ata, que depois de Lida e achada conforme, ou seja correta e sem ressalvas ou restrições, fosse assinada, pelo Sr. Presidente da Diretoria Executiva e por mim, João Roberto Vasco Gonçalves, Secretário Geral, que secretariei os trabalhos desta Assembleia Geral Extraordinária e pelos demais Diretores e Conselheiros, como sinal de aprovação e, em seguida fosse levada a registro junto aos órgãos públicos competentes para surtir os efeitos jurídicos necessários.  

_________________________________________­­­­­­­­_______________________

Clério José Borges de Sant Anna, Presidente da Diretoria Executiva

_________________________________________________________________

João Roberto Vasco Gonçalves, Secretário Geral da Diretoria Executiva

_________________________________________________________________

Kátia Maria Bobbio Lima, Vice Presidente da Diretoria Executiva

_________________________________________________________________

1º Secretário da Diretoria Executiva: Soêmia Pimentel Cypreste

_________________________________________________________________ Clerigthom Thomes Borges, Tesoureiro Geral da Diretoria Executiva

_________________________________________________________________

Conselheiro Titular Presidente: Edilson Celestino Ferreira

_________________________________________________________________

Conselheiro Titular Vice Presidente: Andréia da Silva Fraga

_________________________________________________________________ Conselheiro Fiscal Titular Secretário: Albércio Nunes Vieira Machado

_________________________________________________________________ Conselheiro Fiscal Suplente: Emílio Soares da Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *