Em 1982, Clério José Borges de Sant Anna foi candidato a Vereador de Vila Velha pelo Partido PDT criado por Leonel de Moura Brizola e que no Espírito Santo era presidido pelo eminente Advogado, Dr. Mário Gurgel. O Presidente da Ordem dos Poetas da Literatura de Cordel, Rodolfo Coelho Cavalcante, residente em Salvador Bahia, tendo conhecido Clério José Borges em 1981 no Espírito Santo acabou fazendo um livro da Literatura de Cordel sobre a Vida de Clério José Borges. Vale como documento histórico. Nas eleições realizadas naquele ano onde o voto era casado em todos os cargos, de Governador a Vereador, acabou Clério não se elegendo pois o Candidato a Governador do Espírito Santo, o Sindicalista Osvaldo Mármore teve poucos votos. O eleito Governador dos Capixabas foi o radialista Gerson Camata. No Rio de Janeiro o Governador eleito foi Leonel de Moura Brizola.

1982 – LITERATURA DE CORDEL – RODOLFO COELHO CAVALCANTE – LIVRO DE CORDEL N.º 1.590 = PROFESSOR CLÉRIO JOSÉ BORGES, CANDIDATO A VEREADOR EM VILA VELHA

A Vida de Clério José Borges Clério José Borges Política Política Professor Clério Borges
Em 1982, Clério José Borges de Sant Anna foi candidato a Vereador de Vila Velha pelo Partido PDT criado por Leonel de Moura Brizola e que no Espírito Santo era presidido pelo eminente Advogado, Dr. Mário Gurgel.  O Presidente da Ordem dos Poetas da Literatura de Cordel, Rodolfo Coelho Cavalcante, residente em Salvador Bahia, tendo conhecido Clério José Borges em 1981 no Espírito Santo acabou fazendo um livro da Literatura de Cordel sobre a Vida de Clério José Borges. Vale como documento histórico. Nas eleições realizadas naquele ano onde o voto era casado em todos os cargos, de Governador a Vereador, acabou Clério não se elegendo pois o Candidato a Governador do Espírito Santo, o Sindicalista Osvaldo Mármore teve poucos votos. O eleito Governador dos Capixabas foi o radialista Gerson Camata. No Rio de Janeiro o Governador eleito foi Leonel de Moura Brizola.
Em 1982, Clério José Borges de Sant Anna foi candidato a Vereador de Vila Velha pelo Partido PDT criado por Leonel de Moura Brizola e que no Espírito Santo era presidido pelo eminente Advogado, Dr. Mário Gurgel. O Presidente da Ordem dos Poetas da Literatura de Cordel, Rodolfo Coelho Cavalcante, residente em Salvador Bahia, tendo conhecido Clério José Borges em 1981 no Espírito Santo acabou fazendo um livro da Literatura de Cordel sobre a Vida de Clério José Borges. Vale como documento histórico. Nas eleições realizadas naquele ano onde o voto era casado em todos os cargos, de Governador a Vereador, acabou Clério não se elegendo pois o Candidato a Governador do Espírito Santo, o Sindicalista Osvaldo Mármore teve poucos votos. O eleito Governador dos Capixabas foi o radialista Gerson Camata. No Rio de Janeiro o Governador eleito foi Leonel de Moura Brizola.

CURRICULUM CULTURAL E ARTÍSTICO

Historiador, Poeta e Trovador Capixaba, o Escritor e Comendador Clério José Borges nasceu em 15/09/1950, no bairro de ARIBIRI, Município de Vila Velha, ES. Clério José Borges é presidente do Clube dos Poetas Trovadores Capixabas CTC. Foi fundador e primeiro Presidente da Academia de Letras e Artes da Serra e pertence as Academia de Letras de Marataízes, Academia de Letras da Cidade de São Mateus, Academia de Letras de Vila Velha, Acadêmico Correspondente, Cadeira 202, da Academia de Letras de Cachoeiro de Itapemirim, Academia de Letras da cidade de Iconha, na região do Caparaó. E Associado do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo e do Clube de Intelectuais Franceses. Pertence ainda ao Movimento Poético Nacional, MPN, com sede no Estado de São Paulo; Sociedade de Cultura Latina do Brasil, com sede em Mogi das Cruzes, SP; Casa do Poeta Brasileiro, Poebras, de Porto Alegre, RS; Academia PETROPOLITANA de Letras, da Cidade de Petrópolis, (RJ); Academia Brasileira da Trova, com sede no Rio de Janeiro e Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas, ALCEAR, bem como inúmeras outras entidades, Associações e Academias no Brasil e no Exterior. Funcionário Público Estadual Aposentado no Cargo de ESCRIVÃO tendo trabalhado durante 35 anos, onde recebeu diversos Elogios e, as Medalhas de Bronze, Prata e Ouro da Polícia Civil do Espírito Santo. Técnico em Contabilidade. Estudou Direito e Pedagogia na UFES – Universidade Federal do Espírito Santo. Foi Jornalista dos Jornais A TRIBUNA e O DIÁRIO, de Vitória, ES, onde atuou de Foca a Chefe de Reportagem se especializando em comentarista de Filmes. Comendador com título conferido em solenidade do Dia do Escritor realizada na Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo. Foi Conselheiro Titular do Conselho Estadual de Cultura do Espírito Santo, durante quatro anos, onde foi eleito e atuou como Secretário e Vice-presidente do CEC-ES. É morador da SERRA, ES, desde 1979, tendo recebido o Título de Cidadão Serrano, conferido pela Câmara Municipal da Serra, de acordo com o Decreto Legislativo nº 05, de 14 de Dezembro de 1994. Foi uma dos organizadores da Associação de Moradores do bairro onde reside, tendo sido o primeiro Vice Presidente e, atuado como Diretor de Comunicação e Secretário Geral. Pertenceu ao Conselheiro Titular da Câmara de Literatura do Conselho Municipal de Cultura da Serra, de 24/09/1997 a 20/07/2012, ou seja, por 14 anos, 09 meses e vinte dias. Pertence a Pastoral Familiar e, é Ministro da Palavra na Comunidade São Paulo Apóstolo da Paróquia São José Operário de Carapina. Desde 11 de maio de 2004 é Senador da Cultura, representando o Espírito Santo perante o Congresso da Sociedade de Cultura Latina do Brasil.Possui onze livros publicados, sendo os principais, “História da Serra”, “Serra, colonização de uma cidade” e “Dicionário Regional de Gírias e Jargões.”

x=x=x=x=x=x=x=x=x

RESUMO
Autor dos Livros: Trovas Capixabas; Trovadores dos Seminários da Trova; Trovadores Brasileiros da Atualidade; O Trovismo Capixaba; Alvor Poético; O Vampiro Lobisomem de Jacaraípe; História da Serra (3 Edições); Serra em Prosa e Versos/Poetas e Escritores da Serra; Origem Capixaba da Trova; Dicionário Regional de Gírias e Jargões. Organizador, desde 1981 dos Seminários Nacionais da Trova e dos Congressos Brasileiros de Poetas Trovadores. Detentor de Diversos Títulos, DIPLOMAS e homenagens, como por exemplo a MEDALHA CHICO PREGO, recebida em 30/03/2006. Teve atuação como Ator no Filme “QUEIMADO”, de João Carlos Christo Coutinho, sobre a Revolta dos Negros Escravos do Distrito do Queimado, na Serra, ES, ocorrida em 1849. Atuou como Ator no FILME “Trovadores do Neotrovismo na Amazônia”, da Cineasta Russa Valentina Ivanovna Kupnova. Produz Vídeos amadores para o You Tube onde já atingiu o número superior a Um Mil Vídeos. É Ministro da Palavra, da Comunidade São Paulo, Paróquia São José Operário, desde Dezembro de 2009 e pertence a Pastoral Familiar da referida Comunidade e Paróquia. Envolvido em lutas comunitárias desde 22/04/1979, conforme histórico da AMBES. Confira Registro de Clério como Escritor na BIBLIOTECA NACIONAL. Confira Opinião sobre a obra ALVOR POÉTICO. Em 1987 concedeu inclusive entrevista a Leda Nagle, em Rede Nacional, no programa “Sem Censura” da TV Educativa do Rio de Janeiro. No Dia 10/02/2007, em pleno Carnaval Capixaba, Clério José Borges foi homenageado, no SAMBÃO DO POVO, em Vitória, ES, como Historiador pela Escola de Samba ROSAS DE OURO, do Município da Serra, Espírito Santo, presidida pelo Carnavalesco Marcos Caran. Clério desfilou como Destaque num Carro alegórico pois o enredo “SERRA 450 ANOS DE FUNDAÇÃO, foi baseado no Livro HISTÓRIA DA SERRA, de Clério José Borges. No dia 12 de Setembro de 2009 a convite de Júlio Cesar Batista Nogueira, conhecido como Júlio Autor, o Escritor Clério José Borges participou das filmagens do Vídeo Documentário, NOVA ALMEIDA EM UM OLHAR. No dia 05 de Junho de 2010, no Salão de Festas CENSI, em Itabira, Minas Gerais, Clério José Borges recebeu o título de DESTAQUE DO ANO e TROFÉU CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, numa promoção do Jornalista e Colunista Social de Itabira, MG, Eustáquio Lúcio Felix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *