Governador Renato Casagrande com a Revista da ACLAPTCTC

ACADEMIA ESPIRITO-SANTENSE DE LETRAS: CEM ANOS

Academias de Letras e Artes Cultura Neotrovismo Notícias Últimas Notícias Últimas Notícias
Sede da Academia Espirito-Santense de Letras na Cidade Alta em Vitória ES.
Sede da Academia Espirito-Santense de Letras na Cidade Alta em Vitória ES.

ACADEMIA ESPIRITO-SANTENSE DE LETRAS (AEL) FUNDADA EM JULHO DE 1921: CEM ANOS DE ATIVIDADES CULTURAIS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO.

Na segunda-feira, dia 20 de Setembro de 2021, com início às 19 horas, foi realizada no Salão São Tiago, do Palácio Anchieta, na Cidade Alta, Centro de Vitória a solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

TROVADOR ALBÉRCIO NUNES; CLÉRIO JOSÉ BORGES, SOÊMIA PIMENTEL CYPRESTE; GOVERNADOR RENATO CASAGRANDE COM A REVISTA DA ACLAPTCTC ---- ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
TROVADOR ALBÉRCIO NUNES; CLÉRIO JOSÉ BORGES, SOÊMIA PIMENTEL CYPRESTE; GOVERNADOR RENATO CASAGRANDE COM A REVISTA DA ACLAPTCTC —- ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

Solenidade dos Cem anos da Academia Espírito santense de Letras.

A ACLAPTCTC esteve presente com sua Pelerine amarela. Revista da Academia ACLAPTCTC nas mãos do Governador. No vídeo o Governador Renato Casagrande elogia os Poetas Trovadores. De 07 a 10 de Outubro teremos o XVIII CONGRESSO BRASILEIRO de Poetas Trovadores em Jacaraípe Serra ES. Entrada Gratuita.
Parabéns Professora Emérita da UFES Ester Abreu de Oliveira. Excelente festa.

TROVADOR ALBÉRCIO NUNES; CLÉRIO JOSÉ BORGES, SOÊMIA PIMENTEL CYPRESTE; GOVERNADOR RENATO CASAGRANDE COM A REVISTA DA ACLAPTCTC —- ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
ZENAIDE EMÍLIA THOMES BORGES - SOÊMIA PIMENTEL CYPRESTE, UM CONHECIDO DO LUCIANO, KAKÁ RAMOS; CLÉRIO JOSÉ BORGES E LUCIANO MÁXIMO.  - ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
ZENAIDE EMÍLIA THOMES BORGES – SOÊMIA PIMENTEL CYPRESTE, UM CONHECIDO DO LUCIANO, KAKÁ RAMOS; CLÉRIO JOSÉ BORGES E LUCIANO MÁXIMO. – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
CLÉRIO JOSÉ BORGES E O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, RENATO CASAGRANDE  -  ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
CLÉRIO JOSÉ BORGES E O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, RENATO CASAGRANDE – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
VEREADOR JOEL RANGEL E CLÉRIO JOSÉ BORGES. ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
VEREADOR JOEL RANGEL E CLÉRIO JOSÉ BORGES. ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

O evento contou com a apresentação do Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses): Lucas Azevedo, Kedma Johnson, Felipe de Luna, Daniel Amaral e Felipe Medeiros e a entrega da Comenda Kosciuzko Barbosa Leão para ONZE acadêmicos, em reconhecimento aos méritos:

 1 –  Maria Bernadette Lyra  – 5ª ocupante da cadeira número um, patrono Marcelino Pinto Ribeiro Duarte;

 2 – Adilson Adilson Vilaça de Freitas – 5º ocupante da Cadeira 13, patrono José Marcelino Pereira de Vasconcellos;

 3 –  Marcos Tavares – 7º ocupante da Cadeira 15, patrono José Colatino do Couto Barroso;

 4- Fernando Antônio de Moraes Achiamé – 3º ocupante da Cadeira 17, patrono José de Mello Carvalho Moniz Freire;

 5 – José Carlos Mattedi – 4º ocupante da Cadeira 18, patrono Mons. Eurípides Calmon Nogueira da Gama Pedrinha;

 6 – Pedro J. Nunes – 5º ocupante da Cadeira 25, patrono Antônio Vieira Motta;

 7 – José Roberto Santos Neves – 4º ocupante da cadeira 26, patrono Christiano Vieira de Andrade;

 8 – João Gualberto Moreira Vasconcellos – 3º ocupante da Cadeira 29, patrono Virgílio Rodrigues da Costa Vidigal;

 9 – Ítalo Campos – 3º ocupante da Cadeira 31, patrono Orlando da Silva Rosa Bomfim;

 10 – Magda Regina Lugon Arantes – 2ª ocupante da Cadeira nº 28, patrono Manoel Jorge Rodrigues;

 11- Rômulo Salles de Sá, presidente de Honra da Academia Espírito-santense de Letras – 3º ocupante da Cadeira 35, patrono Jerônimo de Souza Monteiro.

CLÉRIO JOSÉ BORGES E O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, RENATO CASAGRANDE  -  ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
CLÉRIO JOSÉ BORGES E O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, RENATO CASAGRANDE – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras. ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
VEREADOR JOEL RANGEL E VALSEMA - ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
VEREADOR JOEL RANGEL E VALSEMA – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

A Academia Espírito-santense de Letras tem como finalidade incentivar a cultura, promover a criação de associações culturais, divulgar e incentivar a leitura e a criação de bibliotecas, promover concursos literários, manter o intercâmbio com outras associações, participar de projetos que visam à integração cultural e realizar pesquisas com vista ao desenvolvimento literário do Espírito Santo. A atual presidência é ocupada por Ester Abreu Vieira de Oliveira. Escritora, tradutora, Professora Emérita da Ufes, Pós- Doutora em Filologia Espanhola – UNED – Madri, é a quarta ocupante da Cadeira 27, Patrono Afonso Cláudio de Freitas Rosa, sucessora de Roberto Almada. Presidente da Academia Espírito-santense de Letras e membro da Academia Feminina Espírito-santense de Letras, onde ocupa a Cadeira 31, que tem como Patrona Vilma Almada. Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito-santo e da Associação de Professores de Espanhol.

HISTÓRIA – FUNDAÇÃO

Em julho de 1921, o advogado e parlamentar Alarico de Freitas e o jornalista Sezefredo Garcia de Rezende idealizaram a fundação de uma Academia de Letras, na Capital do Espírito Santo. Na época, convidaram o professor Elpídio Pimentel para, ao lado deles, levar avante a ideia, a exemplo do que tinha ocorrido em outros Estados.

No mesmo mês, no dia 31, realizaram uma sessão extraordinária, no Clube dos Boêmios, convidando Dom Benedito Paulo Alves de Sousa, bispo diocesano, para ser o primeiro a presidir a Academia. Somente em 04 de setembro do mesmo ano, foi realizada uma nova sessão extraordinária, aprovando então um documento que consolidou na história a Academia como o verdadeiro marco de fundação.

No ano de 1921, no mês de junho, três corajosos cidadãos capixabas idealizaram uma instituição que resistiria ao tempo e às instabilidades políticas, culturais e econômicas do Estado: a Academia Espírito-santense de Letras (AEL).

O advogado Alarico de Freitas, o jornalista Sezefredo Garcia de Rezende, juntamente com o professor Elpídio Pimentel propuseram inicialmente a criação de vinte cadeiras titulares na Academia, ocupadas posteriormente pelos maiores expoentes da cena cultural capixaba do período, como Afonso Cláudio de Freitas Rosa, Archimino Martins de Mattos, Aristóbulo Leão, Luiz Adolpho Thiers Veloso, Heráclito Amâncio Pereira, bem como pelos três fundadores citados. A sessão realizada no dia 04 de setembro daquele ano, em que se aprovaram os estatutos da instituição, ficou registrada como marco de sua fundação.

Após um período de aproximadamente um ano de inatividade a instituição volta a se reunir e as sessões são amplamente noticiadas na mídia local e em alguns veículos do Rio de Janeiro. Nesse momento a Academia vivia um momento de “estima por aqueles que dela iam tomando conhecimento” (RIBEIRO, 2006, p.9).

Atualmente, a AEL, inspirada na Academia Brasileira de Letras e na Academie Française, é composta por 40 (quarenta) acadêmicos, denominados imortais. Em seus 93 anos de existência, registrou-se a passagem de pelo menos 150 (cento e cinquenta) representantes das letras capixabas. Definida como uma associação cultural sem fins lucrativos, a Academia constitui-se como um espaço de preservação e memória das letras, cultura, educação e informação da sociedade.

Desde 1985 conta com sede própria, o palacete conhecido como Casa Kosciuszko Barbosa Leão [1], localizado na Praça João Clímaco, ao lado do Palácio Anchieta, Centro da Capital. A instituição atualmente não recebe nenhum tipo de apoio financeiro governamental e se mantém ativa com a verba proveniente das contribuições mensais de seus membros integrantes.

REVISTA DA ACLAPTCTC NAS MÃOS DO SENHOR GOVERNADOR – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

MENSAGEM DA PROFESSORA ESTER ABREU

Obrigada poetas/trovadores pela calorosa e colorida presença. Não pude dar atenção a ninguém. Mas envio com o meu Boa noite um abraço a cada um. Ester Abreu

SOEMIA E JOEL RANGEL.  - ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
SOEMIA E JOEL RANGEL. – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
TROVADORA E ARTISTA PLÁSTICA KÁTIA BOBBIO E A REVBISTA DA ACLAPTCTC QUE FOI DISTRIBUIDA NA SOLENIDADE DOS 100 ANOS DA AEL - ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
TROVADORA E ARTISTA PLÁSTICA KÁTIA BOBBIO E A REVBISTA DA ACLAPTCTC QUE FOI DISTRIBUIDA NA SOLENIDADE DOS 100 ANOS DA AEL – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
SOLENIDADE DOS 100 ANOS DA AEL - ACLAPTCTC - ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.
SOLENIDADE DOS 100 ANOS DA AEL – ACLAPTCTC – ACADEMIA DE POETAS TROVADORES na solenidade comemorativa do centenário da Academia Espirito-santense de Letras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *