Em 1982, Clério José Borges de Sant Anna foi candidato a Vereador de Vila Velha pelo Partido PDT criado por Leonel de Moura Brizola e que no Espírito Santo era presidido pelo eminente Advogado, Dr. Mário Gurgel. O Presidente da Ordem dos Poetas da Literatura de Cordel, Rodolfo Coelho Cavalcante, residente em Salvador Bahia, tendo conhecido Clério José Borges em 1981 no Espírito Santo acabou fazendo um livro da Literatura de Cordel sobre a Vida de Clério José Borges. Vale como documento histórico. Nas eleições realizadas naquele ano onde o voto era casado em todos os cargos, de Governador a Vereador, acabou Clério não se elegendo pois o Candidato a Governador do Espírito Santo, o Sindicalista Osvaldo Mármore teve poucos votos. O eleito Governador dos Capixabas foi o radialista Gerson Camata. No Rio de Janeiro o Governador eleito foi Leonel de Moura Brizola.

1982 – LITERATURA DE CORDEL – RODOLFO COELHO CAVALCANTE – LIVRO DE CORDEL N.º 1.590 = PROFESSOR CLÉRIO JOSÉ BORGES, CANDIDATO A VEREADOR EM VILA VELHA

Em 1982, Clério José Borges de Sant Anna foi candidato a Vereador de Vila Velha pelo Partido PDT criado por Leonel de Moura Brizola e que no Espírito Santo era presidido pelo eminente Advogado, Dr. Mário Gurgel. O Presidente da Ordem dos Poetas da Literatura de Cordel, Rodolfo Coelho Cavalcante, residente em Salvador Bahia, tendo conhecido Clério José Borges em 1981 no Espírito Santo acabou fazendo um livro da Literatura de Cordel sobre a Vida de Clério José Borges. Vale como documento histórico. Nas eleições realizadas naquele ano onde o voto era casado em todos os cargos, de Governador a Vereador, acabou Clério não se elegendo pois o Candidato a Governador do Espírito Santo, o Sindicalista Osvaldo Mármore teve poucos votos. O eleito Governador dos Capixabas foi o radialista Gerson Camata. No Rio de Janeiro o Governador eleito foi Leonel de Moura Brizola.

Continue lendo